A Nossa história

A nossa história

Quinta de Serzeda

Propriedade com três hectares situada na região Demarcada do Douro sub-região de cima Corgo, na freguesia de São Mamede Riba Tua, concelho de Alijó com vinhas a uma altitude de 670 metros.

Esta quinta foi propriedade da família Ferreira até transitar em 2021, para a filha, Leonor Ribeiro.

Ano de 2012 em que foi feita intervenção de reconversão, nessa altura o desafio era continuar com a possibilidade de beneficiar vinho do Porto ou alterar o paradigma do Douro e plantar novas castas que pouco tinham a ver coim a região mas que seriam aproveitadas para a produção de vinhos brancos com elevada qualidade, a segunda hipótese foi a que foi seguida pela família e então aparecem plantadas na quinta, Alavarinho, Chardonnay, Sauvigon Blanc, Riesling, Pinot Blanc, Encruzado, Antão Vaz, Bical e como experiência para tintos em altitude, o Jean .

O caminho não foi fácil, deixar de ter vinha com licença de produção de vinho generoso (Porto), passar a ter castas fora da região foi um desafio muito grande, pois deixamos de ter aí alguma receita monetária garantida para apostar na incerteza .

É no ano de 2019 que surge a primeira vinificação um blend composto por duas castas muito nobres, Alvarinho/Chardonnay, do qual foram feitos 2500 litros que deram origem a 3333 garrafas, elaborado através do desengaço total, maceração pelicular a frio, prensagem pneumática suave, fermentação alcoólica a 15ºC e repouso sobre as borras finas durante um mês. Estagiou durante 12 meses em inox e depois de engarrafado, três  meses em garrafa, lançado no mercado em Dezembro de 2020 com a designação de …meu. Reserva 2019.

Os nossos Projetos não se ficam por aqui, no ano de 2020 aparece o segundo blend, a ideia inicial seria para ser elaborado através de duas castas ( Encruzado e Riesling) mas foi na vindima desse ano de 2020 que se verificou que a quantidade de uvas produzidas por essas duas castas não era suficientes e para fazer um lote que em termos de litros elaborados fosse suficiente para valer o esforço e então, em cima da vindima resolvemos juntar-lhes a casta Sauvignon, e assim foram feitos cerca de 2600 litros, elaborado pelo mesmo método do primeiro a lançar no mercado em finais do ano de 2021 .

 

Como o caminho se faz caminhando não vamos parar por aqui, estando previsto a aquisição de barricas de madeira para que os nosso já reconhecidos vinhos possam estagiar dentro delas.

Temos também previsto, em principio para o ano de 2022 ou 2023 fazer o nosso primeiro espumante e quem sabe um ou outro blend ou monocasta.

Uma coisa esta família vos garante,  vamos andar por aí …